Empréstimos Consignados

Mais Simples, Mais Fácil, melhor para Você !!

A Prece mais uma vez está levando até você mais comodidade, agilidade e transparência. Agora você poderá fazer do conforto de sua casa as simulações e em caso de disponibilidade, finalizar a concessão. Para iniciar o processo, precisamos que você se cadastre no site e assine o “Termo de Adesão” ao programa de empréstimos da PRECE.

Documentos Necessários

Para realização de empréstimos de forma presencial, tais documentos são necessários:

  • Último contracheque (ativos) e Folha de Benefícios (aposentados);
  • Cartão atual do banco onde possui conta para confirmação dos dados bancários;e
  • Comprovante de residência caso tenha mudado de endereço
Atenção
É importante e recomendável entrar em contato com a PRECE antes do seu atendimento presencial para efetuar simulação e/ou dirimir possíveis dúvidas em relação ao empréstimo a ser solicitado.
O CONTATO DEVE SER FEITO PELOS SEGUINTES CANAIS :

  (21) 3282-8260 | 3282-8160

  prece@prece.com.br

  (21) 99163-8180

O valor líquido do empréstimo será creditado em TRÊS(3) dias úteis após a confirmação do financiamento

As concessões dos empréstimos Prece ficarão suspensas nos 3 (três) primeiros dias úteis de cada mês devido aos procedimentos operacionais rotineiros de inicialização mensal.

Conheça, a seguir, as modalidades de empréstimo que a PRECE oferece para você !

PRECE I e II

EMPRÉSTIMO PÓS-FIXADO – EM ATÉ 36 MESES

Limite Financeiro da operação de R$35.000,00

Disponível para os Planos PRECE I e II

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$ 35 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. Os ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Informações sobre a taxa de juros pré-fixados:

 

Período Juros mensais Juros anuais
1 a 12 1,22% 15,66%
13 a 24 1,25% 16,08%
25 a 36 1,27% 16,35%

 

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

 

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI é 2,77% sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.

EMPRÉSTIMO PÓS-FIXADO – EM ATÉ 48 MESES

Limite Financeiro da operação de R$50.000,00

Disponível para os Planos PRECE I e II

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$50 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros utilizada é de INPC + 7,5% ao ano, ou 0,60%+INPC ao mês.

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. Os ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%
De 37 a 48 meses 2,90%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI é 3,45% sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.

PRECE CV

EMPRÉSTIMO PÓS-FIXADO – EM ATÉ 48 MESES

Limite Financeiro da operação de R$70.000,00

Disponível para o Plano PRECE CV

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$70 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. OS ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Informações sobre a taxa de juros pré-fixados:

Período Juros mensais Juros anuais
1 a 12 1,22% 15,66%
13 a 24 1,25% 16,08%
25 a 36 1,27% 16,35%
37 a 48 1,30% 16,77%

 

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%
De 37 a 48 meses 2,90%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI é 2,77% sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.

EMPRÉSTIMO PÓS-FIXADO – EM ATÉ 108 MESES

Limite Financeiro da operação R$135.000,00

Disponível para o Plano PRECE CV

 

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$135 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros utilizada é de INPC + 7,25 % ao ano, ou 0,5850% + INPC ao mês.

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. Os ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%
De 37 a 48 meses 2,90%
De 49 a 60 meses 3,00%
De 61 a 72 meses 3,10%
De 73 a 84 meses 3,20%
De 85 a 108 meses 3,30%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI é 3,45% sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.

PRECE III

EMPRÉSTIMO PRÉ-FIXADO – EM ATÉ 48 MESES

Limite Financeiro da operação de R$70.000,00

Disponível para o Plano PRECE III (CD)

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$70 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. OS ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Informações sobre a taxa de juros pré-fixados:

Período Juros mensais Juros anuais
1 a 12 1,22% 15,66%
13 a 24 1,25% 16,08%
25 a 36 1,27% 16,35%
37 a 48 1,30% 16,77%

 

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%
De 37 a 48 meses 2,90%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI pode variar de 0,6440% à 0,8237%, para participantes abaixo de 60 anos e de 2,3031% à 2,9592% para participantes à partir de 60 anos sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.

EMPRÉSTIMO PÓS-FIXADO – EM ATÉ 84 MESES

Limite Financeiro da operação R$120.000,00

Disponível para o Plano PRECE III

 

Regras e Requisitos

  1. O participante poderá solicitar o valor máximo da reserva de resgate acumulada ou o limite da operação de financiamento de R$120 mil;
  2. Respeitar o limite de 30% da margem consignável líquida de remuneração salário/benefício;
  3. As operações ficarão restritas caso a alocação do segmento de operação com os participantes atinja o limite legal pela resolução 4.661/2018 de 15% do patrimônio do plano de benefício.

Taxas de Juros

A taxa de juros utilizada é de INPC + 7,25 % ao ano, ou 0,5850% + INPC ao mês.

A taxa de juros cobrada nas operações de empréstimos tem objetivo de garantir a rentabilidade exigida pela meta atuarial de cada plano de benefício administrado pela PRECE. Os ganhos auferidos nestas operações, garantem a solidez dos Planos, oferecendo segurança e tranquilidade aos seus participantes.

Taxa Administrativa e IOF

A taxa administrativa e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) serão deduzidos uma única vez no momento da concessão.

Informações sobre a taxa de administração:

Prazo de Financiamento Taxa de Administração
De 01 a 06 meses 1,40%
De 07 a 12 meses 1,80%
De 13 a 18 meses 2,20%
De 19 a 24 meses 2,50%
De 25 a 36 meses 2,70%
De 37 a 48 meses 2,90%
De 49 a 60 meses 3,00%
De 61 a 72 meses 3,10%
De 73 a 84 meses 3,20%

A taxa é cobrada sobre o montante de empréstimo contratado.

QQMI – Quota de Quitação por Morte ou Invalidez

QQMI é um seguro que garante que o empréstimo seja quitado caso o mutuário entre em benefício por invalidez ou venha a óbito. A taxa de risco em questão é essencial para que o portfólio da carteira de empréstimo seja preservado em casos de fatalidade, não provocando perdas para os planos de benefícios.

A taxa de risco QQMI pode variar de 0,6440% à 0,8237%, para participantes abaixo de 60 anos e de 2,3031% à 2,9592% para participantes à partir de 60 anos sobre o montante contratado deduzido, uma única vez, no momento da concessão.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

As prestações não pagas até o vencimento sofrerão correção por base do índice de inflação INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês e multa de 2%, conforme informado nos contratos firmados no momento da concessão.